sábado, 2 de fevereiro de 2013

A Ressurreição de Cristo [Og Mandino]

Sobre o Livro

Editora Record, 1981 - 264 páginas
 


Uma Leitura impressionante - uma viagem de reformulação de pensamento
O autor, Og Mandino, romanceia o tema de forma interessante.
O personagem principal é um escritor que perdeu a fé.Em entrevista num programa de tv, diz que vai escrever um livro contando que a Ressurreição de Jesus trata-se de uma farsa.
Após esta afirmação, ele envolve-se num acidente e depois de agredido perde os sentidos e ao acorda está na Jerusalém do ano 6 d.c. na casa de José de Arimatéia o que lhe faz formular a idéia de entrevistar uma lista de personagens diretamente ligados a vida de Jesus.
Assim, com o nome de Matias, utilizando-se de profundos conhecimentos da História Romana e detalhes bíblicos e ele descreve os depoimentos de forma eletrizante.
Consegue provar que a história bíblica da ressurreição é verdadeira.
Ele mesmo, Matias, agora do outro lado da situação, é condenado a lutar numa Arena pela vida onde é ferido e desperta no quarto do hotel na Era atual, achando tratar-se de um sonho. Quando se ambientaliza na realidade percebe que há algo no suposto ferimento: ainda em seu peito está um amuleto em forma de peixe - símbolo dos cristãos primitivos, que José de Arimatéia havia dado a ele.
Para ser sincera, todas as vezes que li este livro foi de um fôlego só!
Li pele primeira vez aos 17 anos, um amigo da época, o Isaak, de Poá, me emprestou. Passei a noite lendo.